FAB diz que militares acusados de receber propina não são oficiais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FAB diz que militares acusados de receber propina não são oficiais

Mensagem  ogro em Sex 12 Dez 2014, 21:14

Empresa americana diz que pagou suborno à FAB e ao governo de Roraima.
Força Aérea afirmou que atua 'firmemente' para coibir desvios de conduta.
Do G1, em Brasília

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou nesta sexta-feira (12), por meio de nota oficial, que os dois militares acusados de receber propina de uma empresa norte-americana de manutenção de motores de aeronaves não têm patente de oficial. Segundo a FAB, um dos suspeitos é um suboficial, e o outro, um sargento. Os nomes dos militares não foram divulgados pela Força Aérea.
Segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Dallas Airmotive detalhou que, entre 2008 e 2012, subornou funcionários da FAB e do gabinete do governo de Roraima, que, na época das irregularidades, era administrado por José de Anchieta Júnior (PSDB). Veja aqui a íntegra do documento, em inglês.
No comunicado divulgado nesta sexta, a Força Aérea afirmou que já apura os fatos a fim de identificar os responsáveis e os detalhes da denúncia. Caso o pagamento de suborno seja confirmado, a FAB diz que "todos os procedimentos para punição, previstos em lei, serão adotados".
"Cabe ressaltar que a Força Aérea repudia atitudes desta natureza e atua firmemente para coibir desvios de conduta de seus militares", diz a nota.

Entre os mecanismos usados pela empresa para o pagamento da propina estavam acordos com empresas de fachada, pagamentos a terceiros e oferecimento de presentes aos funcionários, como pagamento de viagens de férias, diz o comunicado, que não cita os nomes dos envolvidos .
Um comunicado do Departamento de Justiça dos EUA publicado nesta quarta-feira (10) informa que a Dallas pagará US$ 14 milhões de sanção penal por descumprir a lei que pune empresas do país que praticam corrupção no exterior.
O processo apresenta também trocas de e-mails que teriam indícios de pagamento de propinas. Em um deles, um dos militares escreve a um agente de vendas da empresa americana. "Envio as informações da companhia, não se preocupe. A companhia aqui no Rio mostra o meu nome como sócio e por isso eu não poderia fazer negócios com você, o TCU [Tribunal de Contas da União] não permite (risos)", diz a mensagem eletrônica.


http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/12/fab-diz-que-militares-acusados-de-receber-propina-nao-sao-oficiais.html

ogro

Número de Mensagens : 11958
Idade : 53
Localização : São Paulo
Pontos : 10481
Data de inscrição : 02/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

FAB anuncia suspensão de contratos com empresa norte-americana Dallas

Mensagem  ogro em Sex 12 Dez 2014, 21:18

Empresa admitiu ter subornado funcionários da FAB e do governo de RR.
Dallas Airmotive terá de pagar US$ 14 mi nos EUA por corrupção no exterior.
Do G1, em Brasília

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou nesta sexta-feira (12) por meio de nota que suspendeu os contratos com a empresa Dallas Airmotive, dos Estados Unidos.
De acordo com a nota, os contratos serão rescindidos se as denúncias que envolvem a empresa se comprovarem. O texto também informa que a FAB abriu um inquérito policial militar para apurar o suposto recebimento de propina por militares.

De acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Dallas Airmotive admitiu que, entre 2008 e 2012, subornou funcionários da FAB e do gabinete do governo de Roraima.
A empresa pagará US$ 14 milhões de sanção penal, segundo informou o Departamento de Justiça, por descumprir a lei norte-americana que pune empresas que praticam corrupção no exterior.
Nesta sexta, mais cedo, a FAB havia divulgado, por meio de nota à imprensa, que os dois militares suspeitos de terem recebido propina da Dallas não têm patente de oficial. Segundo a Força Aérea, um dos suspeitos é um suboficial, e o outro, um sargento. Os nomes dos militares não foram divulgados.

No comunicado, a Força Aérea afirmou que já apura os fatos a fim de identificar os responsáveis e os detalhes da denúncia. Caso o pagamento de suborno seja confirmado, a FAB diz que "todos os procedimentos para punição, previstos em lei, serão adotados".
Em nota, a Dallas Airmotive confirmou o pagamento de suborno e atribuiu as ilegalidades a funcionários que já estão fora da empresa.
Entre os mecanismos usados pela empresa para o pagamento da propina, segundo o Departamento de Justiça norte-americano, estavam acordos com empresas de fachada, pagamentos a terceiros e oferecimento de presentes aos funcionários, como pagamento de viagens de férias, diz o comunicado, que não cita os nomes dos envolvidos .
Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pela FAB:
NOTA OFICIAL
A Força Aérea Brasileira (FAB) suspendeu imediatamente a execução dos contratos que mantinha com a empresa Dallas Airmotive até o total esclarecimento das denúncias do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.
Se as acusações forem comprovadas, a FAB vai rescindir os contratos, com base no artigo 79, inciso XII da Lei 8666/93, buscando inclusive o ressarcimento cabível.

A FAB também instaurou um Inquérito Policial Militar para apurar o envolvimento dos acusados, ainda não identificados.

Ressaltamos que a FAB repudia atitudes desta natureza e atua firmemente para coibir desvios de conduta de seu efetivo.


http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/12/fab-anuncia-suspensao-de-contratos-com-empresa-norte-americana-dallas.html

ogro

Número de Mensagens : 11958
Idade : 53
Localização : São Paulo
Pontos : 10481
Data de inscrição : 02/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum